Xênia Dandrade visita construção da unidade básica de saúde indígena na aldeia de Santa Izabel - Revista Hover

Na aldeia de Santa Izabel, no território de Tocantins, uma significativa empreitada ganha forma com a construção da Unidade Básica de Saúde Indígena. Coordenada pelo Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI Araguaia), a iniciativa recebeu recentemente a visita da Diretora Executiva de Projetos da Instituição Reface, Xênia Dandrade.

Durante sua estadia, Xênia imergiu nas raízes da rica cultura local, dedicando-se a ouvir atentamente as demandas da comunidade em relação à saúde. Em parceria com o DSEI, foram exploradas diversas questões, desde aspectos estruturais até a preservação da identidade cultural dos habitantes locais.

Crédito>Divulgação

A colaboração estreita entre a Instituição Reface, o DSEI e a comunidade revela-se como um pilar fundamental para abordar abrangentemente e com respeito às necessidades de saúde dos povos indígenas. Xênia Dandrade expressa otimismo quanto às melhorias que podem ser alcançadas por meio deste trabalho conjunto.

A gestão eficiente e dedicada do coordenador Labé é destacada por Xênia, ressaltando um compromisso inabalável com a qualidade de vida dos povos indígenas. Essa parceria promissora entre diferentes entidades reflete um esforço coletivo em prol do bem-estar da comunidade de Santa Izabel.

Share.