Festival Sarará anuncia Baco Exu do Blues, Nação Zumbi, Rachel Reis, Jaloo e outros artistas no line-up - Revista Hover
  • Em novo formato, o evento Sarará Circuito Cultural acontece nos dias 12 e 13 de setembro com programações gratuitas nos Parque Municipal e Teatro Francisco Nunes; e os shows dos artistas acontecem no dia 14 de setembro, no Parque das Mangabeiras

Um pilar cultural de Minas Gerais, o Festival Sarará se tornou símbolo de conexão e pluralidade ao longo dos últimos anos. Em 2024, prestes a celebrar sua décima edição, marcada para os dias 12, 13 e 14 de setembro, o evento chega repaginado como Sarará Circuito Cultural em três espaços importantes na cena mineira, o Parque das Mangabeiras, o Teatro Francisco Nunes e o Parque Municipal Américo Renné Giannetti. A amplificação visa dar mais acesso à arte por meio de experiências coletivas de ocupação de espaços públicos. E para guiar todo este movimento, o Sarará Circuito Cultural anuncia agora os primeiros nomes do line-up com Baco Exu do Blues, Nação Zumbi convida Lia de Itamaracá, Jaloo, Rachel Reis convida Afrocidade, Os Garotin, MC Luanna + Ajuliacosta. Os ingressos estão disponíveis no link. 

Com uma curadoria que reflete o compromisso do evento em promover conexões de diferentes pessoas, credos, cores e vivências, o evento mescla o rap do soteropolitano Baco, pop paraense de Jaloo e o soul music d’Os Garotin com os encontros potentes entre o manguebeat do Nação Zumbi e a cirandeira Lia de Itamaracá; o pop dançante da baiana Rachel Reis com o ritmo quente do grupo Afrocidade; e o trap revolucionário de MC Luanna e Ajuliacosta. Os shows acontecerão no dia 14 de setembro, no Parque das Mangabeiras. 

Além disso, o festival ainda apresentará uma programação múltipla e gratuita, nos dias 12 e 13 de setembro, no Teatro Francisco Nunes e no Parque Municipal Américo Renné Giannetti, que inclui cinema ao ar livre, artes visuais, projeção mapeada e dança nos primeiros dois dias, para esquentar o seu line-up musical.

Para além de coroar a sua décima edição, toda a repaginação do evento também é resultado de uma análise da organização do Sarará sobre festivais de música e eventos culturais – responsáveis pelo boom no calendário cultural dos últimos anos. O novo mote é unir democratização do acesso à cultura com promoção da preservação da fauna e flora da cidade, estimulando ações de conscientização do público e fortalecendo junto às marcas parceiras práticas de sustentabilidade ambiental e social, gestão de resíduos e compensação de emissões de carbono.

“Estamos desenvolvendo uma série de iniciativas integradas para estabelecer um legado duradouro, enraizado em práticas sustentáveis. Nossa abordagem segue as diretrizes do Plano de Manejo da Prefeitura de Belo Horizonte e da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica. Nosso compromisso visa não apenas reduzir o impacto ambiental, mas também promover mudanças comportamentais em prol da preservação ambiental e da conscientização e cuidado com esse local tão especial”, afirma Bell Magalhães, diretora executiva do Festival Sarará.

Sobre o Sarará

Sarará é uma ideia de valorização e liberdade de GENTE. Uma experiência de união de sentidos entre público, produção e arte. De conexão entre pessoas diversas que fazem o Brasil ser Brasil. Gente de todas as etnias e cores, gente colorida, gente LGBTQIA+, gente de qualquer (boa) fé, gente de Norte a Sul, da perifa, do bairro, do século passado e dos anos 2000. Gente que é gente e que ama gente.

Nossa principal via de conexão é a música e, no processo de construção de Sarará, trabalhamos buscando o respeito pelo diferente e a consagração da diversidade.

 Conheça mais em www.instagram.com/festivalsarara

Serviço: 

Sarará Circuito Cultural

Datas: 12, 13 e 14 de setembro

Locais: Teatro Francisco Nunes, Parque Municipal Américo Renné Giannetti e Parque das Mangabeiras, em Belo Horizonte, Minas Gerais

12 e 13 de setembro – Parque Municipal e Teatro Francisco Nunes – Programação gratuita

O que vai rolar: cinema ao ar livre, apresentações de dança, exposição de artes visuais, arte digital e projeção mapeada.

Os ingressos da programação gratuita serão distribuídos nos próximos meses. 

14 de setembro – Parque das Mangabeiras

O que vai rolar: O Sarará gostoso de sempre, com todo mundo curtindo o melhor da música brasileira. Um convite pro SENTIR com experiências imersivas no parque. 

A venda dos ingressos acontece na Sympla – http://sympla.com/festivalsarara 

Share.