Série “Músicas Políticas para Ukulele” acaba de estrear no streaming - Revista Hover

“Outros Carnavais” é a primeira faixa a ser lançada pelo projeto de Lucas Adon

Lucas Adon, compositor de destaque e mente criativa por trás do novo projeto, “Músicas Políticas para Ukulele”, traz ao público “Outros Carnavais”, a primeira de três faixas que compõem uma série inovadora e provocativa. Por meio do som sutil do ukulele, instrumento que para muitos evoca imagens de praias e tranquilidade, Adon escolhe um caminho de confronto e reflexão sobre temas políticos e sociais, com uma delicadeza inusitada.

Ouça no streaming: https://bfan.link/outros-carnavais

De acordo com o artista,  também psicólogo e filho do músico Paulo Afonso Tchê, que colaborou anteriormente com o Bambalalão (TV Cultura) e Angela Maria, há cerca de oito anos, começou a tocar o instrumento. “Embora muitos associem o ukulele a lazer e romance, para mim, ele se tornou uma ferramenta de provocação,” explica. Inspirado pela contradição entre a serenidade do som e a intensidade de letras ao estilo Rage Against the Machine, Lucas compôs “Por que o Senhor Atirou em Mim?“, inicialmente pensada para ukulele, mas lançada com piano. Essa experiência o levou a criar também “Ele Não, Ele Nunca“, uma crítica direta ao ex-presidente do Brasil, conhecido por suas políticas controversas.

“Agora, ‘Outros Carnavais’ é a peça de abertura da série, incorporando um samba que não só critica as figuras de poder e suas políticas, mas também incita à ação contra os ‘patrões’ do colonialismo, do imperialismo e aqueles que, por riqueza e privilégios, parecem se colocar acima do restante da humanidade. E, claro, fala do ‘Borba Gato’”, conta. “Pisca Pisca”, a ser lançada em 12 de abril, e “Anônimos”, marcada para 19 de abril, continuam essa narrativa, explorando temas de militância, resistência e a luta contra a opressão.

“Pisca Pisca” é uma reflexão sobre o ato de se tornar militante, enquanto “Anônimos”, lançada no Dia dos Povos Indígenas, homenageia figuras da resistência, destacando a destacando a marginalidade que alguns guerrilheiros devem viver pela luta como último recurso frente à injustiça,” relata Adon.

Esta série de live sessions, gravada poucas horas antes do retorno do cantor a Barcelona, representa uma fusão única de música e ativismo, registrada com a colaboração de profissionais talentosos como Bruno Scarabotto no som, Amanda Amorim na câmera e Nicolas Vargas na direção e edição.

Sobre Lucas Adon:

Lucas Adon, músico, pai e psicólogo, continua a trilhar uma jornada musical marcada por êxitos. O hit “Compre Bem, Compre Mais” conquistou um lugar na programação de rádios europeias. Em 2021, Adon lançou “Madalena”, uma emocionante homenagem à sua primeira filha, nascida em meio à pandemia de Covid-19, com a colaboração de Jeca Mó e Bruna Caram.  No ano seguinte, a poderosa “Ele Não, Ele Nunca” tomou os palcos na Catalunha, integrando manifestações políticas e demonstrando a capacidade da música de transmitir mensagens relevantes. A trajetória de Lucas Adon continua a evoluir e a expectativa está alta para o lançamento de seu terceiro disco, “Nous e o dia que descobri que Deus não está no céu”.  O próximo projeto, com faixas em português, inglês e espanhol, promete ser mais uma contribuição significativa para o cenário musical, enquanto Adon explora novas fronteiras artísticas. O álbum pode até incluir uma composição dedicada à sua segunda filha, Sara Isis, nascida em 2023, adicionando um toque pessoal e emocional à sua discografia.

Siga no Instagram.

Share.