15 maneiras de como a Inteligência Artificial está transformando a moda - Revista Hover

A inteligência artificial (IA) está revolucionando a indústria da moda, transformando a maneira como marcas e consumidores interagem com as roupas e acessórios. Essa tecnologia está permitindo uma personalização sem precedentes, otimizando processos e promovendo a sustentabilidade. Um exemplo notável dessa transformação é o Zelia, um aplicativo que utiliza IA para criar um stylist de moda personalizado para seus usuários. Com uma captação recente de R$1.2 milhões, o Zelia pretende expandir suas operações e oferecer uma experiência de moda ainda mais inovadora para marcas e clientes.

O Zelia se destaca por sua capacidade de ajudar as marcas a eliminarem o excesso de estoque, porque consegue entender o gosto de cada usuário de maneira íntima, sugerindo looks que refletem as preferências individuais. Além disso, o aplicativo pode integrar com  o armário do usuário e sugerir combinações com peças já existentes, incentivando um consumo mais consciente e sustentável. A CEO, Laura Mattos, destaca a importância da hiper-personalização na moda e a capacidade do Zelia de oferecer um serviço tão profundo nesse aspecto.

Iniciativas como a Zelia mostram como a IA está se tornando cada vez mais central na indústria da moda, permitindo uma experiência de compra mais personalizada e eficiente.

Confira aqui 15 maneiras pelas quais a IA está fazendo a diferença na moda:

  1. Gerenciamento Inteligente de Estoque: A Zara utiliza IA para ajustar rapidamente os níveis de estoque em suas lojas, otimizando a produção e reduzindo o desperdício.O Zelia incentiva o consumo consciente, contribuindo para um gerenciamento de estoque mais eficiente. 
  2. Montagem de Looks: O Zelia utiliza IA para revolucionar a montagem de looks, analisando fotos das redes sociais e do rolo de câmera do usuário para sugerir combinações personalizadas. Com mais de 49 mil usuários, o aplicativo promove uma experiência de moda mais intuitiva e personalizada.
  3. Detecção de Tendências de Cor e Análise de Sentimento nas Redes Sociais: O Zelia desenvolveu um algoritmo patenteado para oferecer sugestões de looks alinhados com as tendências de cores e o sentimento dos usuários nas redes sociais. Ferramentas como o Brandwatch analisam o sentimento nas redes sociais para fornecer insights valiosos para as marcas.
  4. Aprimoramento do Ajuste das Peças: O Zelia ajuda os usuários a maximizarem o uso de suas roupas existentes, sugerindo combinações que realçam o ajuste das peças. A startup Fit Analytics usa IA para ajudar os compradores online a encontrar o tamanho certo de roupa, reduzindo as taxas de devolução.
  5. Produção Sustentável e Experiência Personalizada de Compras: O Zelia promove uma abordagem sustentável à moda, incentivando os usuários a reutilizarem suas roupas. A IA está sendo empregada para melhorar a eficiência dos processos de produção e desenvolver materiais mais sustentáveis.
  6. Previsão de Tendências: Empresas como a Heuritech usam algoritmos de IA para prever tendências de moda. O Zelia ajuda os usuários a se manterem atualizados com a moda, sugerindo looks alinhados com as tendências atuais.
  7. Design e Criação de Coleções: Marcas como a Tommy Hilfiger e a Stitch Fix usam IA para analisar dados de vendas e feedback de clientes. O Zelia oferece insights valiosos para as marcas, ajudando-as a entender as preferências dos consumidores.
  8. Prova Virtual e Customização: A Nike oferece o serviço Nike By You, que permite aos clientes personalizar seus próprios tênis. O Zelia auxilia na customização de looks, sugerindo combinações personalizadas com base no estilo do usuário.
  9. Otimização da Cadeia de Suprimentos: A Levi’s usa IA para otimizar sua cadeia de suprimentos. O consumo consciente promovido pelo Zelia pode ter um impacto positivo na cadeia de suprimentos, reduzindo a demanda por produção excessiva.
  10. Análise de Feedback dos Clientes: A startup Revuze usa IA para analisar comentários de clientes. O Zelia coleta feedback dos usuários para aprimorar suas recomendações de looks, mostrando como a IA pode ser usada para entender as necessidades dos consumidores.
  11. Combate à Contrafação: A startup Entrupy usa IA para analisar itens de luxo e verificar sua autenticidade. Embora o Zelia não esteja diretamente envolvido na autenticação de produtos, a promoção de um consumo mais consciente pode contribuir para a redução da demanda por produtos falsificados.
  12. Design Auxiliado por IA: A Adidas colaborou com a Carbon para criar tênis impressos em 3D usando IA. O Zelia utiliza IA para gerar combinações de looks, enriquecendo o processo criativo na moda.
  13. Vestíveis Inteligentes: A Ralph Lauren desenvolveu uma camisa polo inteligente que usa IA para monitorar o desempenho do usuário. Embora o Zelia não esteja diretamente relacionado a dispositivos vestíveis, a integração de IA em roupas inteligentes é uma tendência complementar.
  14. Personalização em Massa: A Amazon patenteou um sistema de fabricação sob demanda que usa IA para personalizar roupas. O Zelia oferece uma forma de personalização em massa ao adaptar suas sugestões de looks às preferências individuais de cada usuário.
  15. Prevenção de Devoluções: A startup True Fit usa IA para ajudar os consumidores a encontrar o ajuste perfeito. Ao ajudar os usuários a fazerem escolhas mais conscientes, o Zelia pode contribuir para a redução de devoluções, promovendo uma abordagem mais sustentável ao consumo de moda.
Share.