Trajetória de sucesso do executivo Robson Profeta ressignifica o TDAH - Revista Hover

C-level irá compartilhar em palestras e consultorias como lidar com o diagnóstico, além de valorizar suas potencialidades, sobretudo tendo qualidade de vida e bem-estar

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma condição neurobiológica que prejudica a capacidade do ser humano para prestar atenção, controlar impulsos e regular o próprio comportamento, afetando milhões de pessoas em todo o mundo.

Diagnosticado com TDAH apenas na fase adulta, Robson Profeta enfrentou dificuldades acadêmicas e sociais ao longo de sua vida, sem entender ao certo porque se sentia tão diferente das demais pessoas, porém isso não o impediu de se tornar um executivo c-level.

“Um dos maiores desafios em minha vida sempre foi gerenciar uma mente inquieta, pensamentos e ideias que iam e vinham, sem qualquer filtro. Este volume infinito de dados dificultava meu foco em iniciar, manter e concluir uma tarefa, afinal sempre aparecia algo mais interessante no meio para atrapalhar. Entretanto, às vezes aparecia alguma atividade que me interessava tanto que conseguia trabalhar 24 horas ininterruptamente, me esquecendo de comer ou mesmo de dormir. Esta condição, também conhecida como hiperfoco (prefiro chamar de flow), me proporcionou diferenciais incríveis em minha carreira e soube capitalizar”, disse Robson. “Primeiramente, entendo ser condição sine qua non obter um diagnóstico de que realmente há TDAH (ou qualquer outra neurodiversidade). Este diagnóstico deve vir de profissionais habilitados e especializados no tema. É preciso aceitar um tratamento medicamentoso acompanhado de sessões de psicoterapia, afinal isso ainda é um tabu em nossa sociedade”, completou.

Com mais de três décadas de atuação no mercado, em grandes empresas como Price Waterhouse & Coopers (Coopers & Lybrand), Embratel (Vesper), Medial Saúde, Grupo Bandeirantes de Comunicação e OliverWyman (DiamondCluster), neste ano ele concederá palestras gratuitas abordando o assunto, desvendando os mitos existentes e também oferecendo consultoria financeira para alcançar o sucesso no mundo do empreendedorismo.

Segundo a Associação Brasileira do Déficit de Atenção (ABDA), o número de casos de TDAH varia entre 5% e 8% no âmbito global. Estima-se que 70% das crianças com o transtorno apresentam outra comorbidade e pelo menos 10% apresentam três ou mais comorbidades.

Trajetória registrada em livro

 A obra ‘Teoria da Riqueza’ é um dos cases de sucesso de Robson. Com uma linguagem acessível para todas as idades, ele propõe uma nova forma de pensar no âmbito financeiro e no autoconhecimento. Disponível para compra em várias plataformas de vendas online.

“Após quatro anos do lançamento do livro, recebi o diagnóstico de TDAH e consecutivamente um insight adicional. Pessoas com TDAH possuem baixa produção de dopamina e adivinhe quais ações auxiliam na regulação da dopamina no cérebro? Viajar muito, viver perigosamente, compulsão por compras, por drogas, etc. Ou seja, imagine a quantidade de pessoas endividadas pelos fatores acima? Consegue imaginar a quantidade de pessoas que, mesmo entendendo matematicamente que não podem gastar mais do que ganham, se endividam, por possuírem alguma comorbidade sem sequer terem conhecimento? Em resumo, educação financeira/vocacional não deve se restringir a fatores como controle de finanças e planilhas eletrônicas, mas considerar questões paralelas como hierarquia de valores, talentos, habilidades, propósito e claro, neurodiversidades (TEA, TDAH, AH/SD, Dislexia, Dispraxia e Tourette comentou Profeta.

Perfil — Robson Profeta

Bacharel em Ciências Contábeis, pós-graduado em Finanças Corporativas. Possui MBA pela Fundação Getúlio Vargas com extensão em Políticas Públicas pela Universidade de Chicago (EUA). Possui certificações CPA-Anbima, além de especialização em Docência e Inteligência Emocional também pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). Pelo Insper (Ibmec), especializou-se em Métodos Estatísticos e Branding e é membro da Associação Mensa Brasil.

Share.