Veja como Raphael Malta superou adversidades através do autoconhecimento - Revista Hover

Raphael Malta, aos 37 anos, compartilha sua história marcada por desafios e superações. Em um relato corajoso e inspirador, ele revela os momentos de dor, depressão e dependência que o assolaram durante anos, até encontrar a luz do autoconhecimento.

Há cinco anos, imerso em uma teia complexa de adversidades, Raphael enfrentava uma batalha árdua contra a depressão, a falência financeira, a obesidade e diversos vícios, incluindo jogos, compulsão sexual e alimentar. Além disso, sofria de problemas de saúde recorrentes, como labirintite, gastrite, ansiedade e uma enxaqueca tão severa que o levava a clamar pela morte devido à intensidade das dores em sua cabeça. Como consequência, consumia quase 60 comprimidos por semana e se via à beira do abismo, sem conseguir vislumbrar uma saída para suas dores físicas e emocionais.
Criado sem a presença do pai e com uma mãe incapaz de cuidar dele e de seus irmãos devido à esquizofrenia, Raphael carregava consigo as marcas de um passado tumultuado. Por meio de uma profunda introspecção, descobriu como curar as feridas emocionais e aliviar os fardos do passado.

Os resultados dessa jornada foram surpreendentes. Raphael conseguiu perder 25 quilos sem recorrer a dietas restritivas e abandonou o consumo excessivo de medicamentos, além de superar mais de 15 vícios. Sua mentalidade foi transformada, revelando potenciais até então desconhecidos, como a habilidade de criar conteúdo nas redes sociais e palestrar sobre autoconhecimento.

Atualmente, Raphael está empenhado em sua formação para se tornar um terapeuta integrativo, com previsão de conclusão para julho de 2025. Paralelamente, atua como empreendedor no setor de compra e venda de automóveis, mas já prepara sua transição para seguir sua verdadeira paixão e propósito: disseminar a consciência por meio de conteúdos e atendimentos terapêuticos.

Através de suas redes sociais, Raphael compartilha sua sabedoria e experiência, guiando outros na jornada do autoconhecimento e libertação das amarras emocionais. Ele enfatiza que não há problema emocional que não possa ser curado por meio do autoconhecimento, e que ao tratar as causas, os efeitos físicos são naturalmente dissipados.

Em sua mensagem final, Raphael nos convida a enxergar além do óbvio, buscando compreender as causas por trás dos efeitos que vivenciamos. Ele nos lembra que, para toda adversidade, há uma cura, e que devemos perseverar na busca pelo caminho que nos levará à verdadeira libertação.

Para acompanhar mais sobre Raphael Malta, siga suas redes sociais no Instagram (https://www.instagram.com/euraphaelmalta) no YouTube, no canal Raphael Malta (https://youtube.com/@canalraphaelmalta).

Share.